Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Texto - Cavaco: Inferno ou Boliqueime?


Inferno, ou Boliqueime?
 
Sim, escolha e  volte para qualquer destes sitios e não esqueça, presidente e excelência de ficar bem caladinho e nem mexer uma palhinha! Eu não esqueço a sua “obra” nem a origem da nossa desgraça! 
Não sei se a reforma de V. Exa. lhe permite viver a vida de que gosta: bons restaurantes, bons palcos, bons teatros, bons espectáculos... 
Eu e milhões de Portugueses sabemos que para sobreviver só nos resta contar os cêntimos, na esperança de que sobre algum centavo! 
V. Exa., que há mais de trinta anos vem sofrendo, também, com as dificuldades económicas que são as suas, deve perceber que o Povo português esta exausto e descrente de todos os charlatães que o têm burlado. 
Não lhe agradeço por nos ter posto a pastar na imunda estrumeira a que Portugal chegou; não lhe agradeço por ter permitido a entronização de ministros como Vítor Gaspar, Paulo Portas, Rui Machete… (a lista esta longe de ser exaustiva). Não lhe agradeço de ter arruinado aquela classe que, em qualquer pais civilizado é o acelerador do consumo, que permite o investimento: a "CLASSE MÉDIA"... 
Não lhe agradeço de ter destruído a nossa industria e agricultura a troco de euros entrados em bolsas de lacaios seus (e também da outra banda) e outros membros vertebrados de parcerias publico-privadas. 
Não lhe agradeço, de forma geral, de continuar a permitir O ROUBO descarado dos Bancos. Mas, a repartição das tarefas até esta bem feita: os banqueiros roubam… perdão, os banqueiros não roubam, desviam, (o Povo é que rouba de quando em vez um naco de pão) e a gente paga!  
Termino, Senhor presidente, depois de tantas notas negativas, com um pedido tão expresso quanto urgente: RUA! Se o fizer ficarei pobre na mesma, mas com a ideia derradeira, também, de que       V. Exa. acabou, finalmente, por ser um homem de honra. 
Bordeaux, 31 de julho de 2013. 
JoanMira

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Texto "O retrocesso diabólico"

O fim do mundo acontece periódica e episodicamente. Sim é o fim de um mundo de progresso social (humanitário?) em que cada dia que passa vemos “Peter Steps Rabbit y Sus Muchachos” pontapearem para a miséria muitos Portugueses. 

Alguns, já muito poucos, dirão que é por inabilidade, falta de experiência governativa… Não, não creio… Tudo foi deliberado. Desde “Cavaco das Caldas” nos anos oitenta, como então primeiro ministro, até à intronizacão de “Pedro Y Sus Muchachos”, piores que “Peter & The Putas Sem decência”… 

A banda “Peter & The Putas Sem Decência” (PSD) tinha avisado: vamos governar para “erguer Portugal”, eliminar todos os que não dão lucro ao Pais (leia-se funcionários públicos), mas quais? Os que grassam nas juntas de freguesia? Os assessores governamentais, os conselheiros, os chulos de Estado, todos os parasitas que a qualquer nível de responsabilidade no Estado vivem à nossa custa? Ou os enfermeiros, os assistentes sociais (cada vez mais necessários neste Pais decadente), os bombeiros… o resultado esta à vista; se o Pinóquio e “A sua Banda” socialista nos criaram péssimas condições de vida, os PSD’s,  (putas sem decência) conduzem-nos à Idade Média! 

Não falemos dos banqueiros que estão na origem da nossa bancarrota; olhe, Rui Machete, foi promovido a Ministro dos Negócios Estranhos! Ou me engano ou ele esteve envolvido no caso do BPN… 

Mas lembremos também que funcionários públicos são também enfermeiros, assistentes sociais, (cada vez mais necessários neste Pais decadente) funcionários Portugueses no estrangeiro que trabalham muito mais que 50 horas… 

Se o Pinóquio e “A sua Banda” socialistica nos poluíram a vida, os PSD’s, (putas sem decência, sim, porque até conheci putas sérias)

querem fazer-nos voltar à Idade Média! 

Em conclusão: entre “Putas Sem Decência (PSD) ” e “Putas Sinistras” (PS), escolha enquanto pode (com “p”)  

Bordeaux, 29 de Julho de 2013 

JoanMira 

Imagens do Mundo - Belgrado - Onda de calor no hemisfério norte


Em Belgrado, sombrinhas coloridas enfeitam as ruas e protegem do sol forte
Foto: MARKO DJURICA / REUTERS
Em Belgrado, sombrinhas coloridas enfeitam as ruas e protegem do sol forte. MARKO DJURICA / REUTERS
Deve ser a minha sina... Sai do Rio à procura de frescura e eis que me deparo, na velha Europa, com temperaturas tropicais... "Cara do Corcovado"! Porquê eu?...

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Tragico acidente em Santiago de Compostela - El maquinista del tren frenó muy tarde




Interior de uno de los vagones del tren Alvia que descarriló cerca de Santiago de Compostela. / SALVADOR SAS (EFE)
 
 
Cuando el miércoles a las 20.41 el Alvia procedente de Madrid se acercaba a 190 kilómetros por hora a la curva maldita de A Grandeira, que se retuerce a apenas cuatro kilómetros de la estación de Santiago de Compostela, una señal advirtió al maquinista, Francisco José Garzón Amo, en su cuadro de mandos que debía reducir la velocidad a 80. Abandonaba las vías reformadas a finales de 2011 para recibir algún día al AVE y pasaba a enfilar un tramo de trazado antiguo. El conductor, tras descarrilar el tren, llamó desde su móvil al servicio de 24 horas de emergencia y soltó: “Tenía que ir a 80 y voy a 190”. En la grabación, ya aportada en la noche del miércoles al juez, la frase figura literalmente en presente aunque el accidente ya ha ocurrido. También habla de los “pobres viajeros” y expresa su deseo de que “ojalá no haya muertos”. La compañía Talgo, que tiene controles internos de velocidad en sus convoyes, confirmó ayer informalmente a las autoridades que el tren iba a “velocidad extrema”.
Así funciona el sistema ASFA.

El conductor sí aseguró, en su primera reconstrucción de los hechos, que se le activó la alerta en su cuadro de mandos y que pulsó al momento el botón que comunicaba que había recibido la advertencia de que iba por encima de la velocidad permitida. ¿Por qué entonces no frenó? ¿Por qué un ferroviario con años de experiencia afrontó el viraje del trazado a una velocidad desmesurada?

Esa incógnita la despejará la investigación sobre el accidente ferroviario más grave de los últimos 40 años en España, que ha segado la vida ya de 78 personas y herido a 130. Al cierre de esta edición, 95 pasajeros permanecían ingresados en los hospitales gallegos que se movilizaron la misma noche del siniestro, 32 de ellos en estado crítico. El instructor del caso, titular del juzgado número 3 de la capital gallega, ya ha ordenado que la policía le tome declaración como imputado en el centro hospitalario donde permanece custodiado por agentes de seguridad, lo que previsiblemente se producirá hoy. El juez no ha podido interrogarlo todavía porque ayer estuvo desbordado con el levantamiento y la identificación de las decenas de cadáveres, todos depositados en la morgue improvisaba en la noche del desastre en el pabellón municipal del Sar.

Francisco José Garzón, de 52 y natural de Monforte de Lemos, una localidad lucense de gran tradición ferroviaria, dio negativo en la prueba de alcoholemia.El magistrado ha ordenado a la policía custodiar las cajas negras, esos registros que tienen los trenes y que serán vitales para esclarecer el accidente, así como la recuperación de documentos, vídeos e informes para la instrucción del caso.


 

terça-feira, 23 de julho de 2013

Passeando pelo Rio - Rua Simão Bolivar - Restaurante Transa

Restaurante Transa
(à direita o meu prédio e fora da foto o boteco "Devassa"; alguns metros ao fundo o "Belmonte", atraz o calcadão e Copacabana ... Bem rodeado não estava?!)

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Foto - O "Cara" disse-me...

A lua ilumina o Cristo Redentor na véspera da visita do Papa Francisco ao Rio Foto: RICARDO MORAES / REUTERS
A lua ilumina o Cristo Redentor na véspera da visita do Papa Francisco ao Rio. RICARDO MORAES / Reuters
 
Esperanca para todos, qualquer que seja a parte do Mundo em que se encontrem; dentro de pouco tempo o "Cara do Corcovado" vai combater o sofrimento. A luta ja comecou. Ânimo!!! 
 

Imagens do Mundo - Nadadora sexy voa em Barcelona - Espanha

Nadadora espanhola parece voar durante apresentação de nado sincronizado em Barcelona Foto: Manu Fernandez / AP
 
Nadadora espanhola parece voar durante apresentação de nado sincronizado em Barcelona. Manu Fernandez / AP

domingo, 21 de julho de 2013

“Zumbas” e/ou “pimbas” da politica portuguesa

Este, pelo menos, não faz politica!
Como era previsível, todos os esforços que foram exigidos aos Portugueses vão inevitavelmente traduzir-se, como era esperado, no pauperismo da nossa Sociedade e na pior das misérias que assolou a Pátria. 
Remeteram o Povo ao nível de animal sobrevivente", destruíram a débil economia portuguesa e, como é expectável, Os "ilustres doutores” irão brevemente para a confortavel "oposição" fruir dos lucros que amealharam no Estado, até que, o Povo "esquecido" e incauto os eleja de novo, de novo, acreditando em miseráveis discursos. 
Não gostaria de fazer meu neste cenário catastrófico mas, infelizmente e por experiência, creio que assim será... 
Olhe bem para o Sócrates bebendo as próprias palavras com gulosa lábia; olhe para o "Portas dos submarinos" - não esqueci, não - e a vergonhosa atitude de "deministro" dos Negócios "Estranhos"; ele espera a sua hora... Será carne ou peixe? Na gíria popular, diríamos que não monta nem sai de cima... 
O Paulinho deixa ao caloiro Peter Steps Rabbit praticar a politica que apoia, de quando em vez ao sabor do oportunismo -  para, invariável e com nojenta frequência vir anunciar que não se compromete com as decisões do governo; mas fica lá… se não gosta não coma e desapareça para um dos raros sítios que lhe poderá ser natural e onde poderá nadar numa piscina de merd@! 
Ao ponto a que chegamos, acredito que só uma verdadeira Revolução pode colocar Portugal nos trilhos da honra...sendo, desta vez, necessário que se eliminem os parasitas de qualquer bordo político que sejam ou se encontrem! 
Creio nem ser parvo nem “lorpa”, como dizem os meus Amigos do Norte…mas, por favor, não venham com essa de que eu é que sou maluco! 
Quando já nada há para destruir que mal fará uma velha, boa, violenta e sangrenta Revolução? 
Toulouse, 21 de julho de 2013. 
JoanMira

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Texto - O conflito luso-andorrano


Subitamente, e num dia atípico em que o sol se pôs e tornou a nascer, iria acontecer o grave e diplomático incidente. 
Duas potências mundiais, na sua bélica afirmação, decidiam abrir um  conflito à escala mundial com as catastróficas consequências para o destino da Humanidade. 
Um Estado minúsculo, povoado de espanhóis, portugueses, franceses e  alguns andorenhos, entendeu que chegava de não ser reconhecido a nível internacional naquele minúsculo Principado (340 km2), em que é noticia quando um mosquito se coca; a oportunidade era boa. 
Ao perder a embaixada de Portugal na sua “aldeia”, alguma parasita analfabetico-prepotente, do serviço de protocolo daquele Principado,complexada e detestada criatura entendeu trocar complexo contra protagonismo. 
Foi para a linha da frente, inundou o nosso “competente” Ministério dos Negócios Estranhos com múltiplas “Notas Verbais”…
 
Claro que o nosso MNE, na pessoa do excelente José Augusto Duarte, Director "Geral"  da Administracão não gostou, não! 
E teve de encontrar um “bode expiatório” e  prevaricador para acalmar a Bode-Meritxel, no intuito de impedir o conflito em que iriam, no mínimo, perecer 80.000 andorenhos… e sobreviver alguns milhões de Portugueses! 
Advinhem; quem é o responsável desta tragédia? 
Este vosso servidor, pois claro! 
Porquê? 
Porque não entregou a tempo e a horas as placas de matricula diplomática da sua carripana às corruptas Autoridades andorenhas! 
Mas, depois de todos estes devaneios, é de apostar que nem todas as balas serão perdidas. 
E continuem a dizer que o maluco sou eu… 
Bordeaux, 17 de julho de 2013. 
JMIRA

Texto - Dialogos com o Cristo - 16-07-2013


“-Pai Nosso… com quinto cara… santificado..." 
Interrompeu-me, subitamente,  uma voz de trovão…”- Que é isso oh meu. Que aconteceu a você Amigo de entre todos os ateus?  
“- Desculpa, Amigo do Corcovado, era só para chamar a tua atenção. Bem sei que me admitiste como Amigo, não obstante a minha falta de crença mas não de fé… 
- E você arranjou esse estratagema burro para entrar em contacto comigo?! 
- Desculpa Cara, mas estava desesperado e com as ideias completamente embrulhadas…  
“- Mas com quinquagésimo trovão do filho mais velho! Burro é brasileiro, povo de Vera Cruz não pode chegar a essa estupidez! Você precisava desse esquema pra falar comigo?! Eu que dei a você todo o apoio desde que um dia chegou ao Rio de Janeiro?! Que lhe preocupa? A situação económica em Portugal? A corrupção dos seus políticos? Não fale; aqui no Rio de Janeiro temos os mais descarados de todos; e… 
Atrevi-me a interrompê-lo 
- Amigo do Corcovado, devo Reconhecer que nos, portugueses, estamos no limite de não saber se, resignados, devemos continuar a protestar com convicta indignação ou se devemos enveredar por partir tudo; temos suportado estoicamente, como ratos de laboratório, todas as experimentações da corja detentora do governo e dos seus opositores em Portugal; faz muitos anos que temos vindo a aceitar, sem reagir o assalto permanente e continuo do grande capital aos nossos míseros salários e reformas; quanto mais nos tiram, sem reacção nossa, mais nos continuam a tirar e chegou o tempo em que quando nada mais nos poderem roubar, de enveredar pela violência, para podermos viver ou morrer com dignidade. 
- Calma, amigo ateu; eu até acho que o Povo Português pode “dar a volta” a essa situação extrema, através da cidadania politica. A violência só em ultimo recurso. Mas se não houver outra solução não a excluas, Amigo. E não excluas, exercendo-a, ou não, porque, para o adversário é importante saber que a podes exercer. Sabe que, mesmo lhe compreendendo, não  posso seguir esse seu caminho da violência. 
Essa imagem que você esta vendo é para o Néoliberalismo selvagem, o do capital que vive, como o cuco, do trabalho dos demais. Não posso nem devo dizer palavrões, mas neste momento veio a minha memoria  no seu “internétês: FOD@-SE 
Nos vemos Amigo. 
E desligou, ele, como de costume. 
Bordeaux, 16 de Julho de 2013. 
JoanMira

 

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Texto - Dialogos com o Cristo - 15-07-2013


Drrriinng.. Drrrinng… 
- Alô, responde enfim uma voz tonitruante. 
- Amigo do Corcovado, estas ai ? 
- Sim claro seu cara! Há tempo que não ouvia a sua voz! Agora que deixou o Rio, até de mim você se esqueceu... Você é um cara mesmo estranho; fica tempos sem fim sem falar aos Amigos, continua a viver como se eles não existissem e, de repente, emerge, ressuscita, acorda saindo de curiosa hibernação e aparece como, se entretanto, o tempo tivesse ficado suspenso ao seu comportamento frívolo… O tempo passa seu cara… Não me desculpa, não é o tempo que passa mas sim você que passa pelo tempo… Mas, vou falando e nem sei ainda porque me chamou… 
Ia interrompê-lo, mas eis que continua: 
- Você é um cara do caraças; me diz agora porque é que chama? 
- Olha cara, tu és um dos raros Amigos  com quem posso contar; agradeço tudo o que já fizeste por mim e pela minha família e hoje, de novo, porque tenho confiança em ti, peco-te mais uma ajuda. 
- Diga cara! Responde a voz desta vez muito mais serena do Cristo Redentor; peca; tudo o que puder fazer, você sabe que farei. 
- Não é por mim, Cara, é por um grande Amigo que esta gravemente doente; Faz o que puderes e, como sabes, consigas ou não, entendas que o devas fazer ou não, a minha amizade será eterna. 
- Amigo Mira, você não precisa dizer quem é nem escrever o seu nome neste ninho de espiões que é o Facebook; prometo que tudo farei para salvar o seu Amigo; não peca resultados para mim porque eu só posso lhe prometer todo o meu empenho… 
- Obrigado Amigo do Corcovado; mais uma vez sinto que falar contigo nunca é em vão. Da-nos forca para vencer este grande desafio. 
- Cara, vou fazer tudo o que possa estar ao meu alcance. Diga ao seu Amigo que o “Cara do Corcovado” esta com ele. 
- Obrigado Cara e até breve. 
E, como de costume, foi ele que desligou… 
Bordeaux, 15 de Julho de 2013. 
JOANMIRA

sábado, 13 de julho de 2013

A vinganca dos touros em Espanha


Festa de São Firmino tem 21 feridos em corridas de touros em Pamplona
Foto: STRINGER/SPAIN / REUTERS
Podia, devia ter sido pior

 

PAMPLONA - Dezenas de pessoas foram pisoteadas neste sábado na corrida de touros de São Firmino, em Pamplona, na Espanha. Fugindo dos animais, as pessoas ficaram presas na estreita entrada da praça de touros.
A corrida de touros em São Firmino - que ficou famosa por Ernest Hemingway em seu romance “O sol também se levanta” - é uma das centenas que ocorrem todo ano na Espanha e atrai um grande número de visitantes estrangeiros.
As autoridades locais disseram que um espanhol de 19 anos estava sendo tratado no hospital e estava em estado muito grave. Um homem de 28 anos da Irlanda sofreu trauma de tórax, embora os ferimentos não sejam tão graves, disseram.
Pelo menos 23 pessoas estavam sendo tratadas no hospital, disseram autoridades médicas.

Animais do Mundo - Toquio - Japão



Um elefante refresca-se no jardim zoológico de Ueno, em Tóquio, no Japão, onde a temperatura atingiu os 40ª graus Celsius
foto YOSHIKAZU TSUNO/AFP

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Publicidade - "Les ZZZalles du Portugal" - RTPI


é sempre um fartote ver a RTPI; além das emissões, programadas para analfabetos, como todos sabem, temos agora as publicidades em "estrangeirês" destinadas a "handi...capados" mentais! Vão la; é um fartote!!!

JoanMira 

terça-feira, 9 de julho de 2013

Texto - Muito Chato


Como ser humano reconheço todos os meus defeitos e falhas e, também, a grande pretensão (ou desígnio) de sempre acudir pela Lusa Pátria... Como escrevo de instinto e fora das horas do “lazer profissional”, apelo para a indulgência de todos os que têm a simpatia de aturar os meus singelos escritos; ta bom? Não? Pérem, não é preciso torturar… 
De facto, neste mundo de doutores, arquitectos, engenheiros e algumas outras bostas que tudo parecem ser mas que pouco são, não parece ser conveniente muito peneirar … Mas, obrigado a ligar aquele canal televisivo chamado RTPI, onde depois de montes de noticias futebolísticas ou “SICquianas”, chegando à publicidade onde alguns emigras percebem tanto de estrangeirês como eu da irrevogável decisão do homo… Paulo Portas… Depois de ouvir como se exprimem em francês pronunciando “les –z’alles” – les HHHalles -, apago o raio de telefonia com imagens e vou pr’a cama comigo sonhar com um undo um pouco diferente. 
CIAO! 
Bordeaux, IX de Julho de 2013. 

JoanMira

Texto - Caricato! Paulo Portas, sai e entra (como dis o Quim Barreiros)...

Paulo Portas disse que há condições de estabilidade governativa e de cumprimento das obrigações junto da 'troika'.
 
Não, não é o Quim que é "foleiro" ou mentiroso... O Quim, tem pelo menos a sinceridade de assumir as suas alegres "bacoradas" com musica que agrada ao Povo; A musica que o outro toca é deprimente, cheia de notas falsas, reservado exclusivamente ao bailarinho saloio! de harmonia pouco tem; é uma lenga-lenga monocordica que, infelizmente continua a enganar muita gente sincera! Ha quem diga que é meu "patrão" porque Ministro dos Negocios "Estranhos"... Desculpem os incautos mas não  posso receber ordens de tal personagem, mesmo se tivesse que assumir qualquer homosexualidade (tão comum nas "Necessidades") de que, felizmente,  tenho o privilégio de poder prescindir.
Paulo Portas ganhou um vice-ministério e perdeu, simultaneamente toda a credibilidade de responsavel politico junto dos Portugueses!
 
Bordeaux, IX de julho de 2013
 
JoanMira

sábado, 6 de julho de 2013

Banco do Vaticano e branqueamento de capitais

VaticanoInvestigadores italianos disseram hoje que o banco do Vaticano operava de forma a facilitar a lavagem de dinheiro, de acordo com documentos citados por dois jornais italianos, na sequência de uma investigação de três anos.
O banco, oficialmente conhecido como Instituto para Obras Religiosas (IOR em italiano), não efetuou controlo suficiente sobre os seus clientes e os titulares de contas eram autorizados a transferir grandes somas de dinheiro para contas de outras pessoas.
«Há um elevado risco de que a forma como opera o IOR, sem especificar os seus clientes reais, possa ser usada como uma tela para esconder operações ilegais», escrevem os procuradores do Ministério Público, num documento citado pelo Corriere della Sera.
Os responsáveis culparam também os bancos italianos por aceitarem transferências do IOR sem investigar a origem do dinheiro, que é depois transferido para outros bancos.
«O IOR pode facilmente tornar-se num canal para a lavagem de dinheiro com uma origem criminosa», afirmaram os responsáveis, contrariando também as declarações do IOR de que os seus titulares de contas são todos congregações religiosas ou elementos do clero.
«Há também particulares que podem depositar dinheiro e abrir contas pela relação especial que têm com a Santa Sé», afirmaram.
Lusa

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Texto - A triste historia dos tomates


Coçar um tomate, ao acaso, mas calhando sempre do lado esquerdo, é o sintoma de uma patológica « cumbichão » que, de quando em vez, pode ser o estigma de doença que passa de crónica a disparatada. 
Pode ser um problema sério ; Recomenda-se consulta célere e que não se hesite a recorrer da  sabedoria médica para evitar grandes males ; é que esse tipo de comichão pode ser o inicio de grave patologia. 
Sabendo que todo individuo bem dotado e constituído segundo as normas divinas só tem, visivelmente, de cima para baixo, uma cabeça com nariz, (e outros efeitos tais como bigode, barba… estes naturais e outros, menos, como “tatoos” ou brinquinhos), um pescoço com rugas, uma barriga proeminente  e  um sexo nem sempre bem ajeitado…é altura para um comentário ignóbil e popular: alto e para o baile! 
O que esta em causa é a sobrevivência dos genuínos tomates, orgulho de muitas criaturas parvas e simultaneamente verdadeiras.  
O resultado da investigação, levada a termo com a preciosa e reflectida ajuda de eminentes especialistas dotados de réstias de cérebro, procedendo por eliminação, chegou a uma conclusão deveras espantosa. 
Se o tomate coçado, presumidamente de esquerda, não reagiu à estimulação, conquanto tenha tido essa percepção, é de concluir que os estudos de Pavlov nada nos ensinaram ou que não é tomate vermelho ; resta, então, a solução de que o tomate estava ainda verde, o que é grave, ou amarelo, o que não é bom, ou azul o que é sintomático do grande frenesim pró-carago do sindroma “Pinto da Cuesta”. 
Mais grave: o tomate, se for de cor alaranjada, tendo sido sulfatado com “psd” vai morrer rapidamente sem ter tido o tempo de proliferar ; pior ainda, se se verificar que o tomate tem duas cores improváveis (azul e amarelo, por exemplo), estamos então perante um caso desesperado de “migração egoísta” que só pode conduzir à morte induzida ou suicídio programado na espécie… 
Um bom tomate saudável tem de ser vermelho ou não ser ! 
Para concluir, varias hipóteses se nos deparam : ou o elemento coçado não estava no seu estado normal e deixou coçar, ou o cocador não estava assaz atento, a sua mente vogando erraticamente de esquerda à direita e vice-versa, ou então, mesmo os tomates deixaram de ter o privilégio de serem os “Donos do Mundo”.
Bordeaux, 5 de Julho de 2013. 
JoanMira

Pontos turísticos que ajudam a compreender a História - Cinelândia, Rio de Janeiro

Em terras cariocas, a recomendação é a Cinelândia. Palco de protestos e transformações históricas, a região guarda um dos conjuntos arquitetônicos mais ricos do Rio antigo. Como lista o professor Marcio, em um raio de cerca de um quilômetro, é possível visitar prédios como o Teatro Municipal, símbolo da Belle Époque na cidade, além do Museu de Belas Artes e até pérolas como o Teatro Rival, por onde já passaram artistas como Dercy Gonçalves, Grande Otelo e Oscarito.

Pontos turísticos que ajudam a compreender a História - Centro Histórico de Ouro Preto, Minas Gerais

 

De acordo com o professor de história do Colégio e Curso Pensi, Marcio Branco, a cidade, que considera uma das mais belas do mundo, é uma aula viva. Um dos destaques apontados por ele é a oportunidade que o visitante tem de encontrar igrejas construídas para a elite bem perto de outras que eram exclusivas para os escravos. Isso mostra de forma bem clara a dicotomia que marcava a sociedade colonial mineradora.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Machu Picchu, Peru

A cidade mantém viva a memória do Império Inca, que, segundo o professor de história do colégio e curso pH, Luiz Antônio Simas, aparece com frequência em vestibulares. Além disso, como ele salienta, é uma ótima oportunidade para quem deseja conhecer modelos de civilização diferentes do padrão europeu, tão difundido no Ocidente.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Texto - Venha outro alarve sentar-se à mesa!


Vitor "Dracula" Gaspar demitiu-se... O choro é tão grande que mal consigo escrever estas ~~~linhas~~~... Fez o job para que foi "contratado": "fodeu" o Pais…venha outro alarve que se sente à mesa... 
Tiveste uma passagem efémera pela vida dos Portugueses e, subitamente vais-te embora, bem hajas, e abotoado, suponho. 
Acho que esta merd@ já foi repetida noutros tempos e noutros locais... 
Agradeço-te, com o meu Amigo "Cara do Corcovado", todo o mal que fizeste a uma Pátria que nem sabes! Foste o maior dos ladrões que aconteceram na minha vida; foste o FDP que organizou o roubo das pensões de reforma e a única fonte de sobrevivência que tenho: o meu honesto salário...Foste tanto para mim que não tenho palavras para qualificar a tua actuação porque para “apreciar” o que fizeste às ordens do outro FDP (Peter Steps Rabbit), teria de intensamente cursar em "Roubalheira Internacional"... 
Dirão alguns que a culpa não é tua; existe um primeiro-ministro que te obrigava a cumprir ordens…
Vai-te foder, quem queres enganar? Que o PPC é um líder dotado de inteligência?!
Quem queres convencer? Que o teu partido pugnou pela defesa dos interesses de Portugal?!
O Povo é que é Portugal, mesmo espoliado mas pobre e digno! 
Graças à tua politica (comandada, não esqueçamos pelo teu chefe analfabeto) chegamos ao destino que nos traçaram: "miseráveis cumpridores".
Vai-te embora, vai... Todos os trabalhadores honestos destes Pais vão retribuir-te com a mesma moeda... 
Olha, eu, pessoalmente, até serei muito mais directo: já que enganaste a qualquer e não respeitaste o trabalho, só me apetece é dizer:
Ora vai lá pr'o c@ralho!!! 
Bordeaux, 1 de julho de 2013. 
JoanMira