Pesquisar neste blogue

domingo, 29 de setembro de 2013

Texto - Eleições autárquicas

Hoje é sábado e por isso é-nos dado o lazer, além de respirar e suspirar, (porque não conspirar) de podermos reflectir sobre a nossa condição humana.
 
Boa é a pausa mas, infelizmente, não dura.
 
Passamos uma semana a trabalhar para chegar ao “week-end” saturados de falsas informações: papel, noticias no rectângulo televisivo, “facebook”, e palermas que dele se servem, SMS’s no TLM, parolos deficientes que reproduzem, ao segundo, todo e qualquer rumor veiculado por outros patetas internétezes…
 
Mas, o que queria referir é que, amanhã, há eleições em Portugal; e mais gostaria de sublinhar o apelo à memoria; lembra-se de tudo o que foi dito por  políticos de esquerda, direita e centro? Lembra-se de todas as promessas que foram feitas? Sabe da situação vergonhosa em que se encontra o nosso Pais? Viu filas de idosos e crianças à espera de uma tigela (malga) de sopa?
 

Simultaneamente viu os ”Mercedes”, “Audis”s, BM’s que "eles" ostentam?
 
Se tem memoria e se quiser votar (deve-o fazer) não esqueça nunca o que lhe foi feito no passado.
 
A conclusão sera: “ferozmente” reptiliano.
 
28 de setembro de 2013
 
JoanMira
 

 

sábado, 28 de setembro de 2013

Texto - A “Balsinha” das eleições , carago! - Video


Até que enfim, finalmente chegou um momento sagrado e de esperança na Sociedade portuguesa, as eleições autárquicas!

 

E que já estávamos preocupados: Puxa, tanto tempo sem expressão democrática! Como iria sobreviver o Povo?! Sem “botos” como comeria e o quê?

 

Mas, no próximo domingo, a população vai ficar mais alegre; vai refastelar-se porque vai ganhar; alias toda a gente vai ganhar: bloquistas, orgulhando-se de mais alguns “percentos”, comunistas que vão apregoar que o Peter Steps Rabbit e o PSD perderam uns tantos “percentos”, socialistas masturbando-se com, talvez, alguns “percentos” a mais, palermas sem dignidade (PSD) porque o seu partido só perdeu uns poucos “percentos” e o próprio PSD “y sus muchachos” alegrando-se de na “situação difícil em que o Pais se encontra” de só ter perdido poucos “percentos”.

 

Há mais, os fãs do partido contra a democracia social (CDS) vão se orgulhar de ganharem alguns “percentos” graças ao grande estratego Paulo Portas que é o nosso melhor “politico”.

 

Não queira ser pai ou mãe dele não; não aceite nunca a sua amizade, porque seria a melhor forma de se encontrar sozinho e órfão.

 

Nunca esqueça quanto o hipócrita marialva lucrou no caso dos helicópteros-submarinos quando ardiam – e ainda ardem – quilómetros quadrados de floresta portuguesa!

 

Va votar, va: predigo que domingo à noite só vai haver vencedores de “percentos” nas emissões de rádio-televisão.

 

Mas sabemos, de antemão, sem recorrer a falsas e bacocas sondagens, que quem vai perder, com os nossos representantes, é o Povo Português, longe do ambicionado poleiro.

 

Felizmente, depois chega o 5 de Outubro, o primeiro de Dezembro, o Natal, o Ano Novo, o 25 de Abril, o… 10 de Junho…serão ainda feriados? Guardem o 10 de Junho, carago!

 

E que eu quero continuar a dansar a valsinha das medalhas, fueda-se!

 

28-09-2013

 
Rui Veloso - "A valsinha das medalhas"
JoanMira

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Texte - Souvenirs de l’école de la Republique

J’avais un copain d’école, que l’on surnommait « la fillette »… Je ne me souviens plus de son nom ;  seul j’ai présent son souvenir d’adolescent délicat qui ne prisait point trop les jeux de brutes auxquels nous nous livrions quand nous en avions le temps, c’est-à-dire, constamment !
 
Je transportais sur mon vieux vélo rouillé ma petite sœur Christine, à l’école des filles et, entre son domaine et le parvis de Saint-Vincent, j’entrais dans le no man’s land, aussi bien connu, en cette année 1965, par le « Royaume de la Castagne »…
 
Toutes frustrations : études ratées ou une vie familiale stricte et violente se réglait là ! Entre deux cours à l’Ecole Primaire Saint-Vincent tous les élèves se rendaient au fronton pour le « yo pour le roi » ; une espèce de jeu de pelote stupidement adapté aux règles des handicapés du cerveau avec gros bras.
 
Plus tard dans j’ai compris qu’il en est de même dans la vie : notre intelligence ne sert à rien si l’on n’a pas assez de force pour la faire reconnaître…
 
Mais revenons au jeu ; il valait mieux être viril car il ne s’agissait pas simplement, au milieu de la confusion, de « chopper » la balle : encore fallait-il ne pas la prendre à « l’andouille » maladroit mais costaud, évitant, de ce fait, la « tabassée » probable qui pourrait s’en suivre...
 
Ce jeu, au demeurant intéressant, finissait invariablement par une bagarre générale interrompue par la sonnerie indiquant la fin de la « récréation »…
 
Comme je comprends, aujourd’hui, que la « fillette » ne voulût point se joindre à ce jeu noble mais accaparé  constamment par la frustration de certains…
 
La « fillette » (j’en ai marre je l’appellerai Jean désormais) subissait tous quolibets et  sévices de cette virilité campagnarde sans mot dire… Je le comprenais mais, appartenant au clan des imbéciles, il ne m’était pas permis de le défendre. J’ai un grand regret rétrospectif : ne pas m’être opposé à la bande de brutes à laquelle j’appartenais « à l’insu de mon propre gré »…
 
Parfois, le mercredi surtout, nous nous aérions allant jouer au « ruby » du côté du « Gond »… Avec mes frêles 65 kilos, je ne faisais pas trop le poids ni le fier ; mais je jouais, quand-même, profitant de l’agilité qui me permettait d’éviter la plupart des défis physiques; et cela a fonctionné, jusqu’au jour où, sur un terrain boueux jusqu’aux genoux et  après quelques feintes de passe, regardant à gauche et à droite, je suis venu m’empaler sur un mamouth qui, (d’après Jean qui assistait au « spectacle »), traînait à cet endroit, immobile  depuis l’éternité que lui permettait sa graisse, avec la foi inébranlable de pouvoir attraper quelque « brêle » qui se présenterait sur son pauvre e restreint territoire!
 
Et ce fut moi… le coup de corne fut si rude que, j’ai contemplé un ciel gris zébré d’éclairs multicolores…
 
La suite à la prochaine édition.
 
27 septembre 2013. 
JoanMira

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Le dessin du jour: Les chocs de civilisations

 En se prononçant à plus de 65 % en faveur de l'interdiction de la burqa et du niqab, les électeurs du canton du Tessin (suisse italophone) ont ouvert un débat qui fera sans doute autant de bruit que celui qui avait accompagné l'interdiction des minarets. Pour le quotidien Le Temps, cette interdiction est "absurde". Elle pourrait cependant être prochainement généralisée à tout le pays : "D'ici à 2015, les Suisses seront sans doute appelés à voter sur l'interdiction du voile islamique intégral. Après le succès de l'initiative tessinoise contre la burqa et le niqab, le comité qui avait lancé l'initiative anti-minarets s'est remis à la tâche, pour porter le combat au niveau fédéral. Ses chances de l'emporter semblent excellentes dans une actualité mondiale dominée, du Kenya à la Syrie, par le radicalisme islamique le plus sanguinaire".
En se prononçant à plus de 65 % en faveur de l'interdiction de la burqa et du niqab, les électeurs du canton du Tessin (suisse italophone) ont ouvert un débat qui fera sans doute autant de bruit que celui qui avait accompagné l'interdiction des minarets.

Pour le quotidien Le Temps, cette interdiction est "absurde". Elle pourrait cependant être prochainement généralisée à tout le pays : "D'ici à 2015, les Suisses seront sans doute appelés à voter sur l'interdiction du voile islamique intégral. Après le succès de l'initiative tessinoise contre la burqa et le niqab, le comité qui avait lancé l'initiative anti-minarets s'est remis à la tâche, pour porter le combat au niveau fédéral. Ses chances de l'emporter semblent excellentes dans une actualité mondiale dominée, du Kenya à la Syrie, par le radicalisme islamique le plus sanguinaire".
Dessin de Burki paru dans 24 Heures

sábado, 21 de setembro de 2013

Texto - Dialogos com o Cristo - 21-09-2013


Draiiinnnnggg….

 

Pelo toque (“da viola”), adivinhei logo de quem se tratava…

 

Mesmo assim, usando de ingénuo truque (que nem engana qualquer “perito em esperteza saloia”), respondi em voz baixa e submissa:

 

- Alô, quem fala?”

 

E o esperado trovão rebentou, fez tremer os vidros das janelas, cair a taça de champanhe, deixando-me em amedrontada expectativa.

 

- Então você já não reconhece o toque do amigo? Já se esqueceu dos bons tempos passados no Rio,... deste cara que sempre o apoiou?...

 

Hesitei alguns segundos que me pareceram longos… com resposta pronta,... prestes a falar,... e vem novo trovão (e raios logo a seguir).

 

- Você não abre a boca não! Você é o ser mais ingrato que eu conheci, você é um cara de cara…, você é burro como um brasileiro do nordeste, você…você…

 

…Acabei por interrompê-lo porque um “Cara do Corcovado” irritado não tem limites…

 

- …Seu “Cara” sei o porquê da sua irritação; é verdade que eu nunca mais falei com você e lhe apresento as minhas desculpas; mas o meu regresso à velha Europa não foi fácil, não! Sai do seu Rio triste por deixar essa cidade tão maravilhosa e, ao mesmo tempo, com a esperança de um regresso feliz a uma civilização conhecida; não foi o caso; a gente  idealiza e depois confronta com a realidade que não mudou…

 

Interrompe-me

 

- Mas que estava esperando você, seu cara? Que as pessoas se tinham tornado todas bondosas? Que o governo do seu Pais tinha enfim compreendido que as instituições europeias não mais fazem de vocês que ratos-proveta? Que a mudança de clima lhe ia trazer a saúde? Que os europeus seus colegas iam lidar com você com mais solidariedade???

 

Agora, já mais calmo, ia desbobinando a sua argumentação:

 

- Você pensa que o tempo ou a distância afogam as magoas? Nada disso amigo Mira, nada disso! A só maneira de resolver os problemas é enfrentando-os com coragem. E eu até sei que ela não falta a você…

 

- Mas Cara, eu tenho agido na minha vida sempre de forma honesta, irrepreensível nas funções que tenho exercido e até, talvez, com alguma competência, creio, e mesmo nessa esfera arranjaram maneira de me colocarem um processo disciplinar!

 

- Eu sei cara, estou ao corrente mas não conheço os pormenores; o que é que você fez pra isso? Roubou, matou, não acatou ordens?

 

- Nada disso Cara, limitei-me a dizer que no consulado do Rio há quem roube e não acate ordens “superiores”…

 

- E só isso cara?! E por isso lhe põem um processo?

 

- Juro Cara! E, entretanto, quem prevaricou continua impávido e sereno!

 

- E djimaiz cara!!! Mas fica descansado que eu vou tratar do assunto para você!!!

 

- Obrigado Cara; você me tem ao corrente ta?

 

- Você não duvida amigo Mira. O cara esta aqui para ajudar você; só peco uma coisa: que você va falando comigo.

 

E desligou.

 

Bordeaux, 21 de setembro de 2013.

 

JoanMira

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

domingo, 15 de setembro de 2013

Abd Al Malik - "Mon amour" - Video - Music

"Mon amour"

Texte - Ridicule - "Le passé, c'est les racines de l'avenir"


Je l’ai entendu aujourd’hui à la téloche, c'est que cela doit être vrai  !
 
C’est mots récités, en termes grandiloquents, par un improbable homme politique, comme il en existe dans toutes les sociétés, m’ont faire rire de prime abord ; ensuite, j’ai un tout petit peu pensé, réfléchi et cela a créé en moi un très grand sentiment de révolte !
 
Décidemment, les politiciens n’ont rien compris ou bien, au contraire, ils ont trop bien compris… Ce qui me révolte c’est d’être obligé à penser que, décidemment, nous sommes gouvernés par des cons immenses !
 
Le Peuple, volé depuis depuis le commencent des temps, continue à offrir son assentiment et s’efforce, irrationnellement, à se laisser gouverner et berner par d'ignares anes…
 
Cela le rassure-t-il d’être trompé, par des analphabètes, qui crachent ou diluent des idées toutes-faites?  Ou est-ce de l’immobilisme ou de la paresse ?
 
Les autres rient hypocritement de leurs mensonges pendant que les serfs applaudissent naïvement…
 
La lâcheté a un prix. Ne vous plaignez plus !
 
Bordeaux, 15 septembre 2013.
 
JoanMira

Les projets fous que Google concocte dans son labo - La conquête de l’espace

astéroïdes, ascenseur et tourisme


Google a toujours un coup d’avance, mais Google en a parfois plusieurs. On apprenait ainsi récemment que le Google X Lab planchait sur un projet fou : construire un ascenseur spatial reliant à l’aide de câbles ultrarésistants le sol terrestre à un contrepoids en orbite.
Ses fondateurs ont également investi dans Virgin Galactic, une entreprise de tourisme spatial dont les premiers vols seraient annoncés pour l’année prochaine. Google a également doté le fonds Google Lunar Prize qui organise une compétition entre équipes scientifiques pour envoyer un robot sur la Lune.
Plus fou encore, en avril, le cofondateur de Google, Larry Page, épaulé par Eric Schmidt et James Cameron, a investi dans un projet baptisé Planetary Ressources dont l’ambition est d’exploiter les astéroïdes passant à proximité de la Terre.
Peter Diamandis en est le fondateur, un autre célèbre transhumaniste bien connu de la « Singularity University ».
Le projet, qui a récemment financé un petit télescope d’observation grâce à du financement participatif, estime qu’il y aurait plus de 1 500 astéroïdes faciles d’accès. Pour se faire une idée, un unique astéroïde de 2 kilomètres de diamètre contiendrait plus de 25 000 milliards de dollars de minerais et matériaux précieux, soit une fois et demie la dette américaine...
 
RUE 89

sábado, 14 de setembro de 2013

Texto - "Viver na Estranja"


Viver na estranja não tem só vantagens; trás alguns inconvenientes também: é uma vida de nómada, hoje aqui, amanhã never knows…
 

A vantagem, além da económica, (que até já deixou de ser) é que, permanentemente, são sempre novos e outros horizontes; não nos cansamos de ver gente diferente daquela que apenas teríamos conhecido se só tivéssemos vivido na nossa rua... Mas, sabe dizer-me se toda a gente da sua rua, aldeia, bairro, vila ou cidade é simpática?

 

A esperada resposta é que: “há de tudo”… E no Mundo, é assim também!

 

Ao acaso dos encontros, prefiro lembrar-me de muitas pessoas (em Cuba, por exemplo), tão humildes quanto tão sinceras e que, ao dar-lhes um pouco de reconforto, (foi tão gratificante como se tivéssemos agido como a Madre Teresa…), só lhes oferecemos, no entanto, algumas esferográficas, isqueiros e “pesos convertíveis”… (Lembro-me de ti Aquiles Legrand)

 

Pouco lhes dei, como europeu, mas a felicidade do seu olhar vai acompanhar-me para sempre.

 

Como dizia-mos, no estrangeiro nada é diferente do que se passa em Portugal…Talvez menos arrogância, talvez…

 

Há dias vi uma reportagem nos “media” nacionais e outros sobre “Dr” Miguel Relvas. Se aquele senhor tivesse dignidade, ter-se-ia suicidado há muito tempo…

 

Que se tranquilizem os seus fãs: ele esta vivo, bem vivo e continua a sua  acção!

 

Bordeaux, 14 de Setembro de 2013.

 

JoanMira

Otis Redding - "I've got dreams" - Audio - - Music

"I've got dreams"

Fuerte sanción de la FIFA a Cabo Verde

Cabo Verde fue eliminado de los partidos eliminatorios finales de la clasificación africana para el Mundial de Brasil. ¿El motivo? La pequeña nación insular alineó indebidamente a un jugador en el encuentro que le ganó por 3-0 a Túnez, el 7 de septiembre.

El jugador en cuestión es el defensor Fernando Varela, "quien no había cumplido en su integridad una suspensión de cuatro partidos, impuesta tras haber recibido una expulsión por conducta antideportiva frente a un oficial de partido en la eliminatoria mundialista disputada el pasado 24 de marzo", informó la FIFA.

La plaza de Cabo Verde, ahora es propiedad de Túnez (la FIFA le dio por ganado el partido por 3-0), que se suma a Argelia, Egipto, Costa de Marfil, Burkina Faso, Etiopía, Ghana, Nigeria, Camerún y Senegal. De estos diez equipos, cinco se clasificarán al Mundial de Brasil 2014.

Túnez se había quejado a la FIFA por la participación de Varela. Además de la eliminación del equipo, la Federación de Fútbol de Cabo Verde fue multada con 6.450 dólares.

CLARIN - ARGENTINA

Foto - Foi assim o amanhecer no Rio de Janeiro, hoje

 A temperatura deve ficar entre 15 e 31 graus Foto: Gustavo Stephan / Agência O Globo
A temperatura deve ficar entre 15 e 31 graus. Gustavo Stephan / Agência O Globo

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Fotos, video e... What else?!...

"Amaia e Mary"
 
Quando se chega ao maior grau de pureza da emocão, que mais dizer... What else?! ... Sim... existe sim uma coisa coisa: derrubar a hipocrisia... "Cara do Corcovado" da-me so o tempo necessario para levar a cabo tão  feliz missão... Não ha Universo que chegue, no seu mais remoto esconderijo, para abrigar cobardes...
 
Bordeaux, 13 de setembro de 2013.
 
JoanMira

Corrupcão, Rio de Janeiro , pleonasmo?! - Diz o "Pedrinho do Rio" - Coisas de Presidentes...

Cara Presidenta Dilma,

 Imensamente preocupados com o ultimato dado pelo Governo brasileiro, pelos problemas de espionagem que efetuamos aí nesse país, temos a esclarecer a V. Excia. que por sermos uma superpotência, temos interesses a defender por toda a aparte e por isso atuamos onde seja necessário.
Meu primeiro impulso, visando atender ao seu pedido de esclarecimentos e desculpas foi entregar o farto material que temos gravado nos últimos 20 anos, ao Presidente do Supremo o Ministro Joaquim Barbosa, mas num gesto de amizade solicito que a Sra. Presidenta determine a quem de direito.
 
1-Gravamos secretamente, é claro, em foto e vídeo todas as reuniões que o seu padrinho participou (ele jura que não sabia de nada) com toda a Direção do PT, quando foram acertados os pagamentos do Mensalão. Consideramos esse material altamente explosivo pois iria desmascarar o seu Partido diante até do mais crédulo beneficiário do Bolsa Família que como sabemos elegeu o Presidente anterior e a senhora.
Mesmo com todo o empenho do Levandowsky e do Tofoli, considero muito difícil que o Barbosa com essas provas na mão, não mande prender vocês todos.
2-Temos em nosso poder todas as contas abertas no exterior, por todos os dirigentes do Governo atual e dos anteriores, com os respectivos extratos com valores que chocariam o mundo e dariam para pagar a dívida interna e externa do Brasil e de todos os demais países da América Latina.
Obs: Acompanhamos e documentamos com especial interesse a evolução da riqueza do Lulinha. O que temos é inacreditável até para os filmes de ficção que aqui costumamos fazer tão bem.
3-Possuímos gravações (imagem e vídeo) nos últimos 20 anos, com todos os Ministros, Deputados e Senadores do Brasil confessando abertamente sobre vantagens financeiras auferidas por desvio de dinheiro público. Temos tudo documentado e também onde estão depositados esses valores, os números das contas e os respectivos saldos.
4-Temos uma filmagem efetuada em alta definição, no AEROLULA, onde o seu padrinho "deita e rola", com uma senhora Assessora em São Paulo cujo nome andou muito nos noticiários e lembra um famoso filme do Polansky... O Bebê de... (não lembro o nome).
Como o material gravado é de extrema gravidade e poderia causar até uma revolução no Brasil sugiro que no ato da entrega, todas essas provas elas sejam colocadas no mesmo cofre da Caixa Econômica, aquele que queimou há um tempo atrás, sumindo com um monte de Contratos e que livrou muitos amigos de pagarem os empréstimos bilionários ao Governo... lembra?
Foi em Governos anteriores mas é uma boa sugestão...
Presidente B. Obama.
Resposta da Dilma no dia seguinte:
Ilmo. Sr. Presidente B. Obama
Uma única palavra.... pelo amor de Deus:
ESQUEÇA!!!!
Beijinhos na Michelle e nas crianças.
Não se esqueça de me adicionar no seu FACEBOOK.
O meu padrinho envia pelo portador uma caixa de Cachaça 51, muito famosa por aqui e uma das preferidas dele.
Abraços
Presidenta
 
"Pedrinho do Rio" - 12 de setembro de 2013

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Texto - "Alô Rio de Janeiro - Fé no Diabo!…"


Não, não morri ainda, eu sei que alguns lamentam (felizmente muito poucos) no consulado de Portugal no Rio de Janeiro…Um pouco de paciência, a morte muitas vezes é como a fome: chega de repente!

 

Fui infectado no Rio pela doença mortal que se chama “processo disciplinar”… Mas como quem não deve, não deve temer nem tremer, e como não tremendo, não devendo, nem tendo qualquer forma de angustia patológica, pergunto-me: quem tanto treme para, temendo (e muito!) tentar atingir um servidor do Estado honesto?

 

Não esqueco os dias felizes, se bem que intermitentes, vividos no Rio de Janeiro, mas tão pouco posso esquecer alguns comportamentos hipócritas por parte de “esfomeados da banda” … que dirigem, de facto, aquele posto com o maior lucro e beneficio pessoal.

 

Neste Mundo (e também no outro), tudo se paga, mesmo, se por vezes, não seja a tempo e a horas…

 

Paciência, segundo me segredou o “Cara do Corcovado” o castigo vai chegar a todos os “anjinho (a)s”…

 

Paciência e muita fé… no Diabo! 

 
Bordeaux, 12 de Setembro de 2013.
 
JoanMira
 

DJ OliMira - Video - Music


DJ OliMira

Le futur est assuré...

Saint-Paul-lès-Dax, 12-09-2013

OliMira

Amaia

"Amaia"
 
(un titi en miniature...)

Tragico - Autocarros no Rio de Janeiro


Lado a lado: passageiros reclamam do longo tempo de espera nos pontos -
Foto: Foto da leitora Anna Leticia Lacerda / Eu-Repórter
Andar de "ônibus" no Rio de Janeiro, é motivo para emocões fortes. Entre motoristas a ralhar, outros de bom humor a cantar, servindo-se do volante como bateria, parando quando lhes apetece ou fazendo corrida com outro rival condutor... Mas leia o testemunho de uma utente: é a realidade!  

RIO - Esperar ônibus na Rua Pacheco Leão, no Jardim Botânico, pode ser uma tarefa árdua para os passageiros da linha 409 (Horto - Saens Peña). Seguidas vezes, os coletivos saem juntos do ponto final, no Horto. Passando em levas de dois ou até três, eles aumentam o tempo de espera nos pontos. A leitora Anna Leticia Lacerda flagrou na semana passada dois ônibus da linha rodando lado a lado, perto da esquina com a Rua Jardim Botânico. A imagem foi tirada às 11h, horário de pouco movimento no bairro.
— Essa foto representa um pouco da desorganização que é o sistema de transporte público carioca. Dois ônibus juntos, rodando vazios, em um horário com pouca gente nos pontos. Enquanto isso, nos horários de pico, a espera no ponto é grande. Seria muito mais simples se eles passassem um cada a cinco minutos, não? — questiona a leitora.
Apesar de não ser uma usuária frequente do transporte público, Anna afirma ter recordações ruins das vezes em que teve de andar de ônibus.
— Essa esculhambação faz com as pessoas que têm condições financeiras deixem de usar os ônibus. Peguei no último fim de semana e foi horrível. O motorista dava freadas bruscas e só parava nos pontos quando queria.
O líder comunitário Alfredo Piragibe afirma que a reclamação sobre a inconstância na passagem dos ônibus é antiga na região. Presidente do movimento SOS Jardim Botânico, ele conta que os moradores costumam enviar cartas para a empresa Viação Saens Peña, responsável pela linha 409.
Procurada, a Secretaria municipal de Transportes (SMTR) informou que realizou fiscalização nesta semana no Jardim Botânico e não encontrou problemas. Segundo o órgão, a linha estava operando com a frota e frequência de acordo com o determinado pela prefeitura. Além disso, a SMTR disse manter fiscalização eletrônica diariamente para monitorar a frota e a frequência dos ônibus na cidade.
No início da semana, a prefeitura inaugurou o Sistema de Monitoramento e Fiscalização de Transporte Público por Ônibus, no Centro de Operações, que faz o controle eletrônico, 24 horas por dia, do serviço.

Imagens do Mundo - Cingapura

Panorama de Cingapura mostra a roda-gigante Singapore Flyer; os jardins suspensos das Supertrees; e os domos das estruturas de vidro do Gardens by the Bay. Foto: Carla Lencastre / O Globo
Panorama de Cingapura mostra a roda-gigante Singapore Flyer; os jardins suspensos das Supertrees; e os domos das estruturas de vidro do Gardens by the Bay. Carla Lencastre / O Globo

Foto - Passeando pelo Rio - Floresta da Tijuca

"Tijuca - 04-03-2012"
 
Bordeaux, 12-09-2013
 
JoanMira

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Texto - "Allô, Rio de Janeiro"


Pois é... continuo vivo, defraudando a expectativas dos vigaristas!
 
A fraude conhecida no consulado de Portugal no Rio de Janeiro, a folclórica inspecção que se seguiu, as sanções que advieram,  e 
o “tremelique” que existe em certos funcionários, ainda não atingidos, nada disso parece por termo à fraude que perdura…
 
Os consulados de Portugal não são “casinos” onde diariamente sempre deve sair o “Jack-pot”!
 
Todos sabemos, pelo menos os menos incautos, que  o sistema dos casinos é apanhar, parolos, fazendo que “batam”  dinheiro, a troco de, de quando em vez , ruidoso “prémio” alerte e incite outros pategos.
 
No consulado-geral de Portugal no Rio de Janeiro é assim. Talvez o sistema esteja instaurado noutros consulados mas, naquele o sistema funciona mesmo!
 
Assim, há anos (décadas?) que para certos funcionários o salário é acessório; pudera! Ganham muito mais no sistema que organizaram!
 
Então, é assim: vou apresentar queixa contra quem me roubando, rouba a minha Pátria.
 
De notar que nunca serei demovido por ameaças de processos disciplinares…
 
Sou honesto, não temo!
 
Bordeaux, 11 de Setembro de 2013.
 
JoanMira